Páginas

sábado, 4 de maio de 2013

Algumas maneiras de se viver em casal...

Bem meninas e meninos que estão ai lendo mais um post, então eu estava dando umas voltas pela  web, ha ha como se a web fosse uma cidade, enfim achei um site muito interessante falando sobre 40 maneiras de se viver em casal (se quiser acessar clique aqui).
Eu escolhi apenas 10 porque são até mais fáceis pra falar e discutir o assunto, também mudei algumas coisas que não estava concordando, sabem como é, experiência conta bem mais do que apenas fatos..


1. Cultivar o desejo fora da cama (Eu não generalizo isso não, acho que vai de cada um)
O fogo do comecinho pode até não durar a vida toda. Mas um convívio gostoso, sem brigas constantes, é mais do que meio caminho andado para manter aceso o interesse sexual. Se um casal acha tudo de bom estar junto no dia a dia, vai querer é mais na cama!
2. Amar o outro tal como é
Especialistas não se cansam de repetir: ninguém consegue mudar o parceiro depois de trocar alianças. Mas lembre-se: ceder um pouco pode ser suficiente para obter harmonia no casamento e ainda incentivar a cara-metade a fazer pequenos avanços em certa atitude.
3. O sexo não resolve tudo (<cara de safado>não tudo,mais quase tudo rsrsrs)
Sabe o papo de que tudo se resolve na cama? Não é bem assim, tudo se resolve no dialogo entre o casal, é claro na cama o papo se conclui. 
4. Saber encerrar brigas
Vira e mexe alguém tem de pedir desculpas, (perdão meninas mais esse alguém é o homem) e não deve ser sempre a mesma pessoa. Será que ele é de fato o culpado em todas as situações? Tem mais: deslizes e insultos entalados envenenam a relação. Passe uma borracha em pequenas transgressões rapidinho e poupe energia para o que realmente importa.
5. Aprender a negociar
Segundo a psicóloga Ida Kublikowski, da PUC de São Paulo, os casais de hoje perderam essa capacidade primordial para a saúde da relação. "A negociação deve levar em conta padrões e valores de ambos", diz. Se a sua família curte promover almoços todo domingo, mas seu marido acha isso uma chatice, que tal combinar que vão só uma vez ao mês?
6. Livrar-se da bagagem
Dores de romances do passado não serão resolvidas no atual. Se não consegue esquecer um trauma, como uma traição, cogite procurar terapia. És aí um detalhe de suma importância.
7. De olho nas falhas

Para o médico sexologista e terapeuta de casais João Borzino, de São Paulo, não é porque seu marido fica calado nas festas dos seus amigos que ele é um boçal. "Se está lá com você, está tudo bem." Quando não estiver mais, ele demonstrará.
8. Não se apegar a tabus
Quem disse que todo mundo tem de seguir o mesmo script? Um casal pode decidir dormir em camas (ou até casas) separadas, ter ou não filhos... E viver muitíssimo bem.
9. Valorizar as semelhanças
Os casais felizes ressaltam o que têm em comum ("Nós dois amamos filmes de ação"), enquanto os em crise só vêem os abismos que os separam ("Poxa, eu gosto é de sair, ele não sai da frente da tevê"). Melhor ficar no meio-termo. Procure e cultive compatibilidades, mas não se chateie ou trave diante das divergências. "Para tanto, recorra ao diálogo sincero", sinceramente é o melhor a ser fazer, não existe algo melhor do que a conversa. Conversar não discutir ou fazer beicinho de to bravo(a).
10. Continuar a ser aquela(e) gata(o) de sempre
Pode soar ultrapassado, mas os especialistas lembram que muitas mulheres ainda cometem o mesmo erro: caprichar na aparência no começo da relação e relaxar depois de casada. Mantenha-se bonita - principalmente para você. Vai aumentar a autoconfiança, o que é muito sedutor. Invés de falar mal da vizinha bonitona, mas está aí uma coisa errada pelo que vejo não é só a mulher que deve se cuidar depois que casar não; Os homens também pow, não é porque já namorou, noivou e casou que deve se acostumar a rotina da "brejinha" e esquecer a barriguinha que cresce mais rápido que o próprio salário.



Bem, isso é tudo pessoal!
Beijos e abraços a todos vocês e um ótimo fim de semana.
Agradeço desde já os seus comentários.

9 comentários :

  1. Adorei o post do noivo! E o último item é muito engraçado, kkkk, a barriga que cresce mais que o salário! kkkk!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Ludmila, mas é a mais pura verdade kkkkk, quantos rapazes que se deixam relaxar depois do casamento^^. Enfim né, é isso aí.

      Excluir
  2. Sexo não resolve tudo, mas resolve quase tudo?! Ta muito pra frente hein mocinho kkk
    Falando em barriguinha, quero só ver se vai deixar a sua tanquinho como está hoje em dia!
    Te amo mô!

    PS: eu também sei pedir desculpas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sou pra frente, só atualizado no que tem de melhor nesse mundo oras..
      é claro você sabe que não curto a "barriguinha de Guaru".
      Te amo tbm.
      Ps: Aprendeu né, hum"

      Excluir
  3. Discordo do item 8, no mais concordo... ahhhhh nem sempre são os homens a pedirem desculpas não tá....rs

    bjs

    fernandamouta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. hahaha adorei... mas tem horas que quando cedemos e pedimos desculpas rs eles se acham os donos da razão kkkk bom isso eu falo em relação ao meu noivo kkk
    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Adorei o post, meu marido é super calado e eu super falante, então a primeira vez que a minha melhor amiga conheceu ele, achou que não daria certo, e eu fiquei bem chateada por ele não ter conversado tanto com eles, parecia que não queria estar ali... resultado casei com ele e ela ainda foi nossa madrinha. acho que tenho sim que aprender a respeitar as diferenças, manter a chama acesa, e sempre reconhecer que está errado não só o homem como a mulher, ambos quando errarem devem saber reconhecer.

    Estou adorando a participação do noivo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olha, eu demorei 6 anos para me casar e acreditava que conhecíamos muito bem um ao outro, mas não! Quando o casal convive no seu lar é que descobre que tem muito mais coisas para conhecer no parceiro.
    Eu e meu marido praticamos muito a negociação, pq descobrimos algumas diferenças que não tínhamos percebido antes, então, pelo nosso amor, conversamos e tentamos resolver tudo da melhor forma, mas nem tudo são flores, principalmente, pq...mulher é osso duro de roer kkk, eu assumo!Mas de vez em quando, aprendi a dar o braço a torcer, tem que priorizar a felicidade do casal, sempre.
    Esse noivo tá bom de casar, tá ficando craque nesses assuntos! KKKK

    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Aaah gostei do post Junior, é preciso realmente aprender a encerrar brigas ainda mais na minha relação. Foi bem criativo (:

    Beijinhos pros dois'

    ResponderExcluir